Guia Completo 2024: Como Pagar o INSS Desempregado – Alíquotas, Códigos e Passo a Passo

Sumário:

Introdução

Quando estamos desempregados, é importante continuar contribuindo para o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) para garantir a nossa segurança social no futuro. Neste guia completo, iremos explicar como pagar o INSS mesmo estando desempregado, abordando as alíquotas, códigos e o passo a passo necessário.

Alíquotas do INSS para Desempregados

As alíquotas do INSS para desempregados são diferentes daquelas aplicadas aos trabalhadores empregados. Enquanto os empregados têm uma porcentagem descontada diretamente do salário, os desempregados devem fazer o recolhimento por conta própria.

Atualmente, a alíquota para os facultivos, que é a forma que os desempregados devem contribuir, pode ser a de 5%, 11% ou 20% sobre o valor do salário mínimo vigente. É importante ressaltar que essa alíquota pode sofrer alterações ao longo do tempo, portanto, é necessário estar atento às atualizações.

Códigos de Pagamento

Para efetuar o pagamento do INSS como desempregado, é necessário utilizar um código específico de pagamento. 

É importante utilizar o código correto para que o pagamento seja direcionado corretamente. Caso contrário, pode haver problemas com a regularização da contribuição junto ao INSS.

  • Segurado facultativo (5% mensal): 1929
  • Segurado facultativo (11% mensal): 1473
  • Segurado facultativo (20% mensal): 1406

Obs.: Para o segurado contribuir como facultativo na alíquota de 5%, ele deve ser considerado de baixa renda.

Passo a Passo para Pagar o INSS Desempregado

Agora que você já sabe sobre as alíquotas e os códigos de pagamento, vamos explicar o passo a passo para pagar o INSS estando desempregado:

1.Acesse o site oficial do MEU INSS
2.Procure pela opção de “Emitir Guia de Pagamento

3. Em Categoria escolha a Opção “Facultativo”

4. Preencha com seu NIT/PIS/PASEP
5. Clique em Confirmar
6. Adicione tanto o período (mês) para o qual planeja efetuar o pagamento quanto o montante do salário de contribuição sobre o qual deseja contribuir. Escolha o período (mês) desejado e pressione o botão “Gerar GPS”.
7. Depois de gerado a guia, basta efetuar o download e efetuar o pagamento.

Considerações Finais

Pagar o INSS mesmo estando desempregado é fundamental para garantir a sua segurança social no futuro. Neste guia completo, explicamos as alíquotas, os códigos de pagamento e o passo a passo necessário para efetuar a contribuição.

Lembre-se de estar sempre atento às atualizações das alíquotas e de utilizar o código correto de pagamento. Dessa forma, você estará contribuindo de forma adequada para o INSS e garantindo a sua tranquilidade futura.

Esperamos que este guia tenha sido útil e que você possa realizar o pagamento do INSS desempregado de forma tranquila e segura.

Leia Também >> Benefício do INSS paga 1 Salário Mínimo a quem nunca contribuiu e atende aos requisitos. Veja se você se enquadra.

Compartilhe com um Amigo:

WhatsApp
Facebook
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ei, Espere!

Que tal RESOLVER seus problemas jurídicos com uma Consulta Online?

1 hora de Consulta +
Solução Jurídica para o seu Caso