Ajuizamento de Ações Trabalhistas: Motivos, Prazos e Orientações

Sumário:

Introdução

O ajuizamento de ações trabalhistas é um direito garantido aos trabalhadores que se sentem lesados em seus direitos trabalhistas. Neste artigo, discutiremos os motivos para ajuizar uma ação trabalhista, o prazo para fazê-lo e algumas orientações importantes para os trabalhadores.

Motivos para Ajuizar uma Ação Trabalhista

São diversos os motivos que podem levar um trabalhador a ajuizar uma ação trabalhista. Entre os mais comuns, podemos citar:

  • Atraso no pagamento de salários;
  • Não pagamento de horas extras;
  • Descumprimento de direitos trabalhistas, como férias e décimo terceiro salário;
  • Assédio moral ou sexual no ambiente de trabalho;
  • Demissão sem justa causa;
  • Entre outros.

Ajuizamento da Ação Trabalhista

Para ajuizar uma ação trabalhista, o trabalhador deve procurar um advogado especializado na área trabalhista, que irá analisar o caso e orientar sobre os próximos passos. É importante reunir todas as provas e documentos que comprovem os direitos violados, como contratos de trabalho, recibos de salário, extratos bancários, entre outros.

Prazo para Ajuizar uma Ação Trabalhista

O prazo para ajuizar uma ação trabalhista varia de acordo com cada situação. Em geral, o trabalhador tem até dois anos após a data da rescisão do contrato de trabalho para entrar com a ação. No entanto, em casos de direitos que não foram pagos durante o contrato de trabalho, o prazo começa a contar a partir do momento em que o trabalhador teve conhecimento da violação.

Aviso Prévio

É importante ressaltar que, em casos de demissão sem justa causa, o aviso prévio é considerado como tempo de trabalho para fins de prazo para ajuizar a ação trabalhista. Por exemplo, se o trabalhador recebeu o aviso prévio de 30 dias, o prazo para ajuizamento da ação só começa a contar após o fim do período do aviso prévio.

Considerações para o Início do Prazo

É fundamental que o trabalhador esteja atento ao início do prazo para ajuizar a ação trabalhista. Recomenda-se que, ao receber a rescisão do contrato de trabalho, o trabalhador procure imediatamente um advogado para analisar a situação e orientar sobre o prazo correto.

Tempo de Trabalho no Processo Trabalhista: 5 Anos

É importante destacar que, mesmo que o trabalhador tenha ajuizado a ação trabalhista dentro do prazo correto, ele só terá direito aos últimos cinco anos de direitos violados. Ou seja, se o trabalhador ajuizou a ação em 2021, ele só poderá reivindicar os direitos violados a partir de 2016.

Ajuizamento da Ação enquanto Ainda Empregado

Uma dúvida comum entre os trabalhadores é se é possível ajuizar uma ação trabalhista enquanto ainda estão empregados. A resposta é sim, é possível. No entanto, é importante avaliar os riscos e possíveis consequências, como retaliações por parte do empregador. Nesses casos, é fundamental buscar orientação jurídica especializada antes de tomar qualquer decisão.

Conclusões

O ajuizamento de ações trabalhistas é um direito garantido aos trabalhadores e uma forma de buscar a reparação de direitos violados. É fundamental que os trabalhadores estejam cientes dos motivos para ajuizar uma ação, do prazo para fazê-lo e das orientações necessárias para garantir o sucesso da ação.

Orientações Finais para Trabalhadores

Para garantir o sucesso de uma ação trabalhista, é importante seguir algumas orientações:

  • Reunir todas as provas e documentos que comprovem os direitos violados;
  • Procurar um advogado especializado na área trabalhista;
  • Atentar-se aos prazos para ajuizar a ação;
  • Buscar orientação jurídica antes de tomar qualquer decisão, principalmente se ainda estiver empregado;
  • Estar ciente de que só terá direito aos últimos cinco anos de direitos violados.

Com essas orientações em mente, os trabalhadores estarão mais preparados para fazer valer seus direitos e buscar a justiça trabalhista.

Leia Também >> Reconhecimento do adicional de periculosidade para transporte de combustíveis em tanques acima de 200 litros

Compartilhe com um Amigo:

WhatsApp
Facebook
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ei, Espere!

Que tal RESOLVER seus problemas jurídicos com uma Consulta Online?

1 hora de Consulta +
Solução Jurídica para o seu Caso